Conta de luz subiu mais que o dobro da inflação em 07 anos, diz associação.

Luz elétrica ficou mais cara que o dobro da inflação em 07 anos.




A conta de luz no Brasil subiu mais do que o dobro da inflação desde 2015, segundo dados da Abraceel (Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia) divulgados pelo jornal O Estado de S. Paulo.


Os números apontam que a tarifa residencial acumula alta de 114%, uma diferença de 137% em relação à inflação no mesmo período (48%).


No período analisado —de 2015 a 2021 —, o custo da energia elétrica residencial subiu, em média, 16,3% por ano. Já o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), a inflação oficial do país, variou 6,7% ao ano.


Em 2021, a energia subiu 21,21% e foi um dos principais fatores responsáveis pela alta do IPCA, que fechou o ano em 10,06% — bem acima da meta estipulada pelo Banco Central, de 3,75%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo (ou seja, podendo variar entre 2,25% e 5,25%).

0 visualização0 comentário