Chefe da Anvisa cobra retratação de Bolsonaro após ataques.

Anvisa cobra Bolsonaro




O diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antônio Barra Torres, rebateu neste sábado (8) os ataques feitos por Jair Bolsonaro à agência no contexto da vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a covid. Em nota, Barra Torres cobrou do presidente uma retratação por suas insinuações de que haveria interesses escusos por trás da aprovação, por técnicos do órgão, da imunização desse público.

0 visualização0 comentário